Moradia T4 Santa Bárbara de Nexe Faro

Moradia T4 Santa Bárbara de Nexe Faro

VENDA

Detalhes de anúncio

ID anúncio: 2312
Exibido: 569
Expira em: 2022-01-01 00:00:00
Em categorias: Moradia
Preço: 300 000
Contacto
Email: ge..........mostrar
Telefone: 28..........mostrar
Adicionado 2021-02-11 16:27:39

Descrição

Excelente quinta T4 no sitio dos Machados em Stª Barbara de Nexe.Moradia típica algarvia de Tipologia T4, construção datada de 1941 possui uma área útil de pavimento 175,78 m2 constituída por um piso, e ainda possui um terreno 3.280 m2.De terra fértil de pastagem e cultura, a 20 minutos de Loulé, Aeroporto Internacional de Faro e próximo Mar Shopping, ótimo local para investimento para habitação ou para turismo Rural.Venha visitar esta excelente oportunidade.Os primeiros marcos remontam ao século IV a.C, ao período da colonização fenícia do Mediterrâneo Ocidental. Seu nome de então era Ossonoba, sendo um dos mais importantes centros urbanos da região sul de Portugal e entreposto comercial baseado na troca de produtos agrícolas, peixe e minérios. Entre os séculos II a.C e VIII d.C, a cidade esteve sob domínio Romano e Visigodo, vindo a ser conquistada pelos Mouros em 713. Durante a ocupação árabe o nome Ossonoba prevaleceu, desaparecendo apenas no séc. IX, dando lugar a Santa Maria do Ocidente. No séc. XI a cidade passa a designar-se Santa Maria Ibn Harun. Capital de um efémero principado independente no séc. IX, a cidade é fortificada com uma cintura de muralhas e o nome de Ossonoba começa a ser substituído pelo de Santa Maria, a que mais tarde se junta a designação de Harune, que deu origem a Faro. Na sequência da independência de Portugal, em 1143, o primeiro Rei de Portugal, D. Afonso Henriques e os seus sucessores iniciam a expansão do país para sul, reconquistando os territórios ocupados pelos Mouros. Depois da conquista por D. Afonso III, em 1249, os portugueses designaram a cidade por Santa Maria de Faaron ou Santa Maria de Faaram. Nos séculos seguintes, Faro tornou-se uma cidade próspera devido à sua posição geográfica, ao seu porto seguro e à exploração e comércio de sal e de produtos agrícolas do interior algarvio, trocas comerciais que foram incrementadas com os Descobrimentos Portugueses. No séc. XIV a comunidade judaica começa a ganhar importância na cidade. Uma das suas figuras mais relevantes foi o tipógrafo Samuel Gacon, responsável pela impressão do Pentateuco em Hebraico, sendo o primeiro livro impresso em Portugal no ano de 1487. A comunidade de Faro foi sempre uma das mais distintas da região algarvia e das mais notáveis do país, contando com muitos artesãos e muita gente empreendedora.

Detalhes específicos

Estado Usado
Tipologia T4

Localização

Faro (Sé e São Pedro), Faro, Faro, Portugal

 

Utilizamos cookies para melhorar sua experiência em nosso site. Ao navegar neste site, você concorda com o uso de cookies.