Apartamento T3 com 2 Espaços de Estacionamento no Centro de Faro

VENDA

Detalhes de anúncio

ID anúncio: 4657
Exibido: 317
Expira em: 2022-01-01 00:00:00
Em categorias: Apartamento
Preço: 268 000 268000.00
Adicionado 2021-01-05 16:59:32

Descrição

Excelente Apartamento T3 muito bem localizado. Situa-se numa zona central, perto de todo o tipo de serviços e comércio, hospital, centro comercial, farmácias, escolas e transportes públicos. O imóvel é composto por hall de entrada, cozinha com despensa e varanda, uma sala bastante ampla e luminosa com duas varandas. Conta com três quartos, em que dois deles têm varanda e roupeiro embutido, sendo um deles uma suite e dois WC´s com banheira. O apartamento possui boas áreas e muita luz natural. Conta ainda com dois lugares de garagem na cave do prédio. O apartamento encontra-se inserido num 1º andar num prédio com dois elevadores e encontra-se pronto a habitar, ótimo para o mercado de arrendamento anual, ou para habitação própria. Não perca de visitar este imóvel e marque já a sua visita. Os primeiros marcos datam do século VIII a.C., durante a colonização Fenícia do Mediterrâneo Ocidental. A cidade servia então de entreposto comercial, integrado num amplo sistema comercial baseado na troca de produtos agrícolas, peixe e minérios. Entre os séculos III a.C. e VIII d.C. a cidade esteve sob domínio Romano e Visigodo, vindo a ser conquistada pelos Mouros no ano de 713 d.C, os quais ergueram ali uma fortificação (reforçada por uma nova muralha erigida a mando do príncipe mouro Bem Bekr, no século IX). Na sequência da independência de Portugal em 1143, D. Afonso Henriques (primeiro Rei de Portugal) e os seus sucessores iniciaram a expansão do país para sul, reconquistando os territórios então ocupados pelos Mouros, o que culminou com a conquista do Algarve e da cidade de Faro no ano de 1249 pelas tropas de D. Afonso III. "A sul da serra algarvia, estendia-se um mundo que fascinava os conquistadores cristãos, tanto portugueses como do norte da Europa: uma densa rede de castelos, e cidades ricas e populosas. Em 1189, num golpe arriscado, D. Sancho I, em conjunto com uma esquadra de Cruzados, lança-se sobre a cidade mais emblemática da região: Silves. Mas após um breve domínio português sobre o Barlavento, o poderoso Império Almôada iniciou uma reação fulminante. Meio século depois, Paio Peres Correia, liderando os Cavaleiros da Ordem de Santiago desencadeou uma série de campanhas que derrubaram o reino muçulmano do Algarve. Por fim, em 1249, D. Afonso III após a queda de Faro, Loulé e Aljezur, os últimos bastiões dos mouros, adota o título de «Rei de Portugal e do Algarve»." Os vestígios mais antigos encontrados no concelho de Faro remontam ao Paleolítico, destacando-se, deste período, dois sítios: Alto Rodes e Alto de Santo António. A ocupação humana no Bronze inicial (1800/ 1700 a.C. a 1500 a.C.) é documentada através da necrópole da Ferradeira (Conceição, Faro), descoberta em 1945 por Lyster Franco e Abel Viana. Esta assinala a passagem do ritual de inumação coletiva para o sepulcro individual, sem monumentalidade. Em 1897 Santos Rocha explorou a necrópole da Campina (Conceição, Faro) datada do Bronze Médio (1500a.C./ 1200 a.C.). Não restam vestígios desta necrópole que foi descoberta ocasionalmente aquando de trabalhos agrícolas. O povoado das Pontes de Marchil, remonta ao sec. IX a.C., isto é, ao final da Idade do Bronze, de ocupação sazonal, com habitações precárias para exploração dos recursos marisqueiros da ria de Faro. O aglomerado proto-urbano de Faro, antiga Ossónoba, remonta à II Idade do Ferro (Sec. IV a.C. - Época Romana).

Localização

Faro (Sé e São Pedro), Faro, Faro, Portugal

Anúncios Relacionados

 

Utilizamos cookies para melhorar sua experiência em nosso site. Ao navegar neste site, você concorda com o uso de cookies.